27% da população da Islândia é obesa

0
184
Obesidade atinge 27% da população da Islândia. (Foto: Christopher Willians via Unsplash)

Há 40 anos o grupo Comedores Compulsivos Anônimos, atua na Islândia. Ao longo dos anos, o grupo busca conscientizar a população do país nórdico sobre a importância de abordar todos os fatores que causam dependência alimentar. Pois, assim como em todo o mundo, o país tem registrado um aumento significativo de pessoas com sobrepeso e obesidade.

De acordo com o grupo, o número de operações relacionadas à obesidade aumentou drasticamente na Islândia, mostrando que muitas pessoas estão lutando contra esse problema e buscando soluções.

“É claro que nem sempre há uma conexão direta entre obesidade e vício em comida, mas, no entanto, é um fato que nós, islandeses, somos os mais gordos de todas as nações da OCDE, de acordo com um relatório publicado em dezembro de 2020”, destaca em comunicado o grupo de apoio aos comedores compulsivos. 

Atualmente, de acordo com a organização, 27% dos islandeses lutam contra a obesidade.

O grupo Comedores Compulsivos Anônimos é uma organização de pessoas com uma experiência comum que apoiam umas às outras na esperança de mudar sua relação doentia com a comida e a imagem corporal. Seu trabalho é baseado em um sistema de 12 passos, semelhante ao usado por Alcoólicos Anônimos.

Na virada do século, a consciência dos 12 passos e das tradições da grupo aumentou, mudando muito para a organização e seus membros. Os membros não apenas conseguiram perder mais peso, mas também se concentraram em sua saúde e sentimentos psicológicos, que desempenham um papel importante no vício em comida. As pessoas foram encorajadas a usar a escrita, a elaboração de planos alimentares e a meditação para ficar longe de alimentos que criavam vício.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, a perspectiva é que, em 2025, 2,3 bilhões de adultos no mundo estejam acima do peso, sendo 700 milhões com obesidade. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui