União Europeia amplia agenda de estímulos à inovação

0
3
Inovação estratégica para União Europeia. (Foto: Kvalifik via Unsplash)

Líder em iniciativas da pauta de sustentabilidade no mundo, a União Europeia aposta na inovação tecnológica como ferramenta para a redução das emissões de gases do efeito estufa. Assim, o bloco tem investido cada vez mais na digitalização das economias de seus países, gerando informações precisas que garantem a segurança alimentar, energética e de matérias-primas da Europa.

No começo do mês de julho, o bloco anunciou a versão atualizada da Agenda Europeia de Inovação, com o claro objetivo de colocar a Europa na vanguarda da “nova onda de inovação tecnológica profunda e start-ups”. Isso, segundo informações oficiais, é uma forma do continente fazer frente aos desafios sociais e econômicos mais urgentes. Além disso, a Europa “quer ser o lugar onde os melhores talentos trabalham lado a lado com as melhores empresas”.

Neste contexto, o caminho tem objetivos claros, como capacitar um milhão de talentos de tecnologia. Há ainda ações voltadas para ampliar o apoio a mulheres inovadoras. No total, serão desenvolvidas 25 ações. E, para te ajudar a entender um pouco dessa nova agenda de inovação da União Europeia, o European Way, destaca os principais eixos:

Melhoria do acesso a financiamento para startups e scale-ups: A proposta é facilitar o acesso a capital, principalmente de fontes privadas ainda não exploradas. Simplificação das legislações para empresas de inovação e incentivo à criação de “vales regionais de inovação”, ampliando as conexões entre negócios de inovação e promovendo o desenvolvimento de regiões mais atrasadas. Uma das estratégias será garantir a inovação por meio de espaços de experimentação e compras públicas.

Política de Incentivos: Acelerar e fortalecer a inovação nos ecossistemas de inovação europeus em toda a União Europeia. Garantir que todos os estados-membros do bloco direcionam pelo menos 10 bilhões de euros para projetos de inovação inter-regionais concretos, incluindo em inovação para atacar as principais prioridades da União Europeia. Apoiará também os Estados-Membros na promoção da inovação em todas as regiões através da utilização integrada da política de coesão e dos instrumentos do Horizonte Europa.

Retenção de Talentos: Fomentar, atrair e reter talentos. Esses são os pilares da nova agenda de inovação europeia. Dentro dessa diretriz estão as ações para fomentar a liderança e o empreendedorismo feminino.

Melhorar as ferramentas de formulação de políticas será a chave para o desenvolvimento e uso de conjuntos de dados robustos e comparáveis ​​e definições compartilhadas (startups, scale-up) que podem informar as políticas em todos os níveis em toda a UE e para garantir uma melhor coordenação de políticas a nível europeu por meio de Fórum do Conselho Europeu de Inovação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui